Rua Domingos Façanha, 107 - Centro, Maranguape - Ceará | Fone: (85) 3341.0512

Paróquia Nossa Senhora da Penha

Maranguape - Ceará

(Rumo aos 169 anos de evangelização em nossa cidade)

19ª semana do tempo comum – terça-feira

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Primeira leitura (1 João 3: 13-18)

13 Não se surpreendam, irmãos, se o mundo te odeia. 14 Sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos e irmãs. Aquele que não ama permanece na morte. 15 Todo aquele que odeia a seu irmão é homicida; e você sabe que nenhum assassino tem vida eterna permanente nele. 16 Nisto conhecemos o que é amor: que ele deu a vida por nós. Nós também devemos dar a vida pelos irmãos. 17 Se alguém, que possui os bens da terra, vê seu irmão sofrer e fechar o seu coração, como pode o amor de Deus permanecer nele? 18 Filhos meus, não amemos de palavra nem de boca, mas por obras e segundo a verdade.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Responsório (Sal 118,14.24.72.103.111.131)

– Que doce para o gosto da sua promessa, Senhor!

– Que doce para o gosto da sua promessa, Senhor!

– Minha alegria é o caminho de seus preceitos, mais que todas as riquezas.

– Seus preceitos são meu prazer, seus decretos são meus conselheiros.

– Eu aprecio mais os preceitos de sua boca do que milhares de moedas de ouro e prata.

– Quão doce no paladar sua promessa: mais que mel na boca!

– Seus preceitos são minha herança perpétua, a alegria do meu coração.

– Eu abro minha boca e respiro, ansiando por seus mandamentos.

Evangelho (João 15: 12-17)

– O Senhor esteja com você.

– E com o seu espírito.

– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + de acordo com São João. 

– Glória a você, Senhor.

12 Este é o meu mandamento: amem-se uns aos outros como eu os amei. 13 Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos. 14 Vocês são meus amigos, se fizerem o que eu te ordeno. 15 Não te chamo mais servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; Eu chamei vocês de amigos, porque tudo o que ouvi do meu Pai eu lhe dei a conhecer. 16 Tu não me escolheste, mas eu te escolhi, e te constituí para ir e dar fruto, e teu fruto para permanecer; de modo que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, eu o concedo. 17 O que te ordeno é que ameis uns aos outros. “

Palavra de Salvação.

– Glória a você, Senhor.